30 de Novembro, 2021

Governo do Ceará anuncia R$ 180 milhões em investimentos e novos equipamentos para a cultura

3 min read

Em um evento virtual, direto do Palácio da Abolição, o governador Camilo Santana autorizou nesta quarta-feira (10), investimentos na ordem de R$ 180 milhões de investimentos globais e entregas para a Cultura até o final de 2022. O anúncio foi transmitido através das redes sociais e contou com as presenças do secretário da Cultura, Fabiano Piúba, das secretárias executivas da Secult, Mariana Teixeira e Luisa Cela, e do influenciador digital, Léo Suricate.

“Nós sabemos da importância da arte e da cultura, que transforma a vida das pessoas. Nosso governo tem o compromisso com a cultura e sabe o quanto ela movimenta a economia. É uma cadeia que gera emprego e renda para um enorme número de pessoas, que sobrevivem e vivem da cultura. Somos um Estado que em nenhum momento deixamos de aumentar os investimentos na cultura, e fomos o primeiro governo a fazer concurso da Secult, em 50 anos de instituição. E hoje estamos aqui para dinamizar e garantir oportunidades na área, com um investimento total de R$ 180 milhões na política de fomento e dinamização da rede pública de 23 equipamentos culturais”, pontuou o governador.

Da parte da infraestrutura, o governador listou os equipamentos culturais que serão inaugurados em breve, sejam eles reformados ou construídos do zero, são eles: o novo Museu da Imagem e do Som (MIS), a Estação das Artes, ambos em Fortaleza; o Centro Cultural do Cariri, no Crato; Casa de Antônio Conselheiro, em Quixeramobim; o Arquivo Público do Ceará e o Museu do Ceará, ambos em Fortaleza; o Teatro de Guaramiranga; a Estação Antônio Diogo, em Redenção; e a Estação Ferroviária de Aurora, em homenagem ao artista Aldemir Martins.

“Este planejamento tem frentes importantes, a do fomento às artes, com a previsão de um total de R$ 32 milhões aos editais, incluindo o Ceará das Artes, e a criação da Ceará Filmes, previsto para 2022, que o governador está encaminhando a Lei; e o Ceará da Cidadania e Diversidade Cultural. Já a segunda, da institucionalização, concentrando a ampliação de todos os equipamentos do Estado, além do Plano de Cargos, Carreiras e Salários da Secult, assim como a Reestruturação Organizacional da instituição, e da qualificação de toda rede de cultura do Estado, com a ampliação dos Mestres da Cultura e do Programa Escolas da Cultura, além da nova sede da própria Secult”, informou o titular da Secult.

O governador Camilo Santana finalizou a transmissão reafirmando o valor da cultura para o Ceará. “Sinalizamos esse volume de investimentos pois acreditamos que através da cultura nós enxergamos um vetor de desenvolvimento, e em nosso Estado existe uma economia muito forte movida pela cultura. Sabemos que esse setor sofreu muito durante essa pandemia e agora é uma forma de retomar, de apoiar e dinamizar a nossa cultura dando oportunidade aos artistas cearenses”, disse.

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.